terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Mulheres desajustadas...

Sou mãe, e não posso deixar de ser fêmea.




 
A Sociedade exige de mim liderança, mas me querem submissa.
Querem me fazer omissa para depois cobrarem minha participação.
Tentam me impedir de ir e me obrigam a alcançar.
Me amarram atrás do fogão e das prendas do lar depois cobram de mim: conscientização.
Cortam minhas pernas e me querem ágil.
Me privam do desejo e desejam o meu cio.

Roubam o meu canto e me querem música.
Me apertam o cinto, e me cobram o uso da liberdade.
Me impõe formas, modelos, gestos, atitudes, comportamentos e me querem exclusiva.
Me castram, me podam,tomam decisões que são minhas,
 falam por mim, e me querem
plena e absoluta.  


Baita desajuste...






2 comentários:

***Adriana Rocha*** disse...

A sociedade exige mas eu não dou meu bem (risos). Me lembro de ter comentado essa frase, já havia até me esquecido dessa prosa. Eu que amo!

***Adriana Rocha*** disse...

Esdras querido, vocês não conseguiriam (gargalhadas)

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons